Homem se vinga do crocodilo que comeu sua esposa grávida

Em entrevista concedida a BBC, Mubarak Batambuze conta como se tornou um herói local.

Demeteriya Nabire morreu há quatro meses, ela foi buscar água em um lago perto de sua casa em Uganda e estava acompanhada com várias outras mulheres de sua aldeia quando um crocodilo surgiu e a arrastou-a para longe. Ela nunca foi vista ou ouvida novamente.

“O Crocodilo comeu minha esposa completamente, nada jamais foi visto dela, nenhuma roupa, nenhuma parte do seu corpo que eu poderia identificar. Eu só não sabia o que fazer, um esposa e um filho em sua barriga, era o fim do meu mundo, eu estava completamente perdido.”

Batambuze logo encontrou uma oportunidade de vingança “Alguém me ligou e disse: “Mubarak, eu tenho novidades para você, o crocodilo que levou sua esposa está aqui, nós estamos olhando para ele agora”, disse ele a BBC.

Em uma tentativa de vingança ele levou alguns amigos ao lago para matar a besta com paus e pedras porém essa tentativa falhou. Batambuze procurou um ferreiro local e pediu-lhe para fazer uma lança que poderia matar o crocodilo que de acordo com um guarda da agência de Uganda (Uganda Wildlife Authority) tinha mais de quatro metros de comprimento e pesava cerca de 600 kg.

Homem se vinga do crocodilo que comeu sua esposa grávida.

Os amigos de Batambuze imploraram para ele não enfrentar o enorme crocodilo advertindo que ele era “tão grande que poderia comê-lo.”

“Eu não consegui matá-lo na primeira vez”, afirmou ele em resposta “Eu não estou preocupado se eu vou morrer enfrentando aquela besta, irei atacá-lo com esta lança, e vou ter certeza que ele vai morrer.”

Batambuze descreve o confronto com sua própria palavras “Enfiei a lança na lateral crocodilo, e enquanto os meus amigos estavam ajudando jogando pedras nas costas do animal, ele tentou me devorar. Ele tornou-se muito violento, e todos ficaram com mais medo, porém eu estava muito determinado, eu não estava com medo de morrer. Eu só queria ele morto, então eu consegui colocar a lança na lateral de seu corpo, e o crocodilo começou a ter problemas.”

Homem se vinga do crocodilo que comeu sua esposa grávida.

O combate durou por uma hora e meia até que o crocodilo foi finalmente morto. Os homens arrastaram o crocodilo de volta para a aldeia para todo mundo ver, e foram saudados como heróis. O animal morto foi levado para a Universidade Makarere, em Kampala onde foi examinado pelo veterinário Wilfred Emneku.

Wilfred encontrou um osso da tíbia dentro do estômago do animal, no entanto é improvável que qualquer um dos ossos de Demeteriya tenha sobrevivido dentro do animal por tanto tempo. Batambuze infelizmente não poderá enterrar sua esposa.

“Eu sou um homem muito deprimido porque perdi uma esposa e uma criança dentro da barriga, mas os moradores continuam a dizer: “Obrigado por matar o animal, nós pegamos água naquele local e temos certeza que ele teria devorado mais alguém. Muito obrigado, você fez um ótimo trabalho.

“Eu virei um herói local, as pessoas continuam a me agradecer.”

Fonte: FirsttoKnow

SHARE