Piscianos conseguem disfarçar bem quando querem, mas no fundo são manteiga derretida.

Existem pessoas completamente racionais, e que lidam sempre com os acontecimentos da vida de forma prática e imediata. Estas mesmas pessoas, muitas vezes, possuem uma grande dificuldade de conseguir conviver e lidar com os sentimentos alheios. Este definitivamente é o oposto do nativo de Peixes.

Se tem uma coisa que o Pisciano é, é emocional. Eles vivem completamente imersos em sensações, pensamentos e sentimentos, e estão longe de agir com a ajuda da razão. Sempre sentem demais, e quando estão felizes vão ao céu, mas quando sofrem, vivem as amarguras do inferno que é possuir um grande coração.

Talvez sejam eles os mais capazes de sentir e entender a dor do outro, pois, sentem muito a sua própria dor. Isto chega a despertar, em algumas ocasiões, o interesse por trabalhos voluntários, e abnegados de uma recompensa financeira. Tudo apenas pela vontade de ajudar o próximo através de uma ação de bondade. Todavia, este excesso emocional acaba fazendo com que eles se tornem mais vulneráveis e inseguros. É preciso dosar isso.

O Pisciano é emoção da cabeça aos pés!

SHARE